010   ^a972-23-3478-6
021   ^aPT^b235152/05
100   ^a20051216d2005    c  y0pory0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<O >meu primeiro natal^fMargarida Fonseca Santos^gilustrações de Carla Nazareth
210   ^aLisboa^cPresença^d2005
215   ^a22 p.^cil. ;^d25 cm
225 2 ^aHistórias do Frik
330   ^aO Frik tem andado muito admirado com um objecto estranho que apareceu lá em casa. Parece uma árvore, mas não é. Em vez de folhas tem umas agulhas muito afiadas que…au, au, au… lhe picam o focinho sempre que ele tenta aproximar-se. Mas por que será que toda a gente anda tão interessada naquela coisa cheia de agulhas? Foi só quando o Pedro pegou nele ao colo e lhe explicou o que se passava que pôde finalmente compreender tudo. Aquilo era um pinheiro, e estava assim todo bonito porque era Natal, uma época muito especial, segundo disse o Pedro, e o Frik acreditou porque todos estavam muito felizes e havia presentes para toda a gente. Até ele recebeu uma prenda maravilhosa. Fonte: Editorial Presença
606   ^aLiteratura infantil
606   ^aLiteratura portuguesa
675   ^a821.134.3-93
700  1^aSantos,^bMargarida Fonseca,^f1960-^3AU04233
702  1^aNazareth,^bCarla,^f1975-^3AU05438^4440
859   ^uhttp://www.bibliotecasobral.com.pt/BiblioNET/Upload/images/imagem5012.jpg
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20051216
932 d
933 2005
935 c  
936 y
937 0
938 ba
966   ^a20060005^c1^lSMA^sI82/P-SAN/MEU^60^90^70^p7.09