010   ^a989-972-8955-52-6
021   ^aPT^b271881/08
100   ^a20180406d2008    m  y0pory0103    ba
101 1 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<O >socialismo nunca existiu?^fCarlos Leone
205   ^a1ª ed
210   ^aLisboa^cTinta da China^d2008
215   ^a142 p. ;^d20 cm
330   ^aUm livro sobre a política actual, em que se polemizam as fragilidades da Democracia e se levantam questões como os perigos que a Extrema-Esquerda representa para o Socialismo.Escrito em 2007 e pensado numa perspectiva mais europeia do que apenas portuguesa, O Socialismo Nuca Existiu? compõe-se de quatro capítulos: o primeiro, sobre o que é o socialismo, diferenciado de comunismo; o segundo, sobre as origens liberais do pensamento político de Esquerda e o rumo que, desde o século XIX, o liberalismo tomou junto da opinião pública, que hoje o confunde com apenas uma corrente económica de Direita; o terceiro capítulo é um comentário a um caso recente (Verão de 2007, destruição de um milheiral no Algarve por «anarquistas»), que ilustra o tipo de socialismo extremista que não pode ser confundido com o socialismo democrático; por fim, o quarto e último capítulo é dedicado a uma proposta positiva para o futuro do socialismo, que mantenha a tradição política descrita no primeiro capítulo e a integre na actualidade. Apesar de poder ser objecto de uma leitura imediatista e circunstancial, este pequeno ensaio pretende ser pertinente como interpretação de fenómenos políticos e culturais mais vastos. Na «Nota Prévia» do autor pode ler-se: «O livro é uma crítica a uma perversão em curso do legado histórico da esquerda, que, após o fim do comunismo e com o sucesso do modelo reformista do socialismo democrático, ou social democracia, retoma uma tradição de esquerda pré-marxista, o utopismo, para a perverter numa distopia generalizada. Como crítica em sentido próprio, faz-se uma história, ainda que breve, dos termos do problema, e apresenta-se uma descrição, baseada em acontecimentos, do presente; isso serve de fundamento para terminar com uma proposta positiva, aquilo a que chamo tolerância activa.» Fonte: Wook
606   ^aDemocracia
606   ^aSocialismo
675   ^a321.7
700  1^aLeone,^bCarlos
856   ^uhttp://www.bibliotecasobral.com.pt/BiblioNET/Upload/images/indices/indice86891.pdf^zClique para ver índice
859   ^uhttp://www.bibliotecasobral.com.pt/BiblioNET/Upload/images/imagem86891.jpg
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20180406
932 d
933 2008
934     
935 m  
936 y
937 0
938 ba