010   ^a978-972-21-2924-4
021   ^aPT^b439435/18
100   ^a20190521d2018    k  y0porb0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^a<O >pequeno país dos frutos^gJoão Pedro Mésseder^filustrações de Paul Hardman
205   ^a1ª ed
210   ^aAlfragide^cCaminho^d2018
215   ^a29 p.^cil. ;^d24 cm
327 0 ^aEstender a mão^aServer do Vouga^aDefinição^aSilo^aSorriso^aDoçura^aPupilas^a<As >amas^aAdivinha^aLuz^aAnoitecendo^a<A >noite^aSonhando^aFrutos do dia, frutos da noite^aQuando o sol nasce^aPergunta^aMelodia^aPalavra...^aCantigas
330   ^aDádivas da natureza, os frutos são uma festa. A da boca que os saboreia, é certo. Mas também essoutra festa do tesouro de palavras, sempre vivo, que é a língua. Quem resiste a pronunciar e a escrever mirtilo, groselha, amora, romã? Por isso é que, em Sever do Vouga, pequeno país de frutos, é difícil resistir à poesia, tão próxima ela se encontra dos prodígios da natureza. Fonte: Wook
517 1 ^aEstender a mão
517 1 ^aServer do Vouga
517 1 ^aDefinição
517 1 ^aSilo
517 1 ^aSorriso
517 1 ^aDoçura
517 1 ^aPupilas
517 1 ^a<As >amas
517 1 ^aAdivinha
517 1 ^aLuz
517 1 ^aAnoitecendo
517 1 ^a<A >noite
517 1 ^aSonhando
517 1 ^aFrutos do dia, frutos da noite
517 1 ^aQuando o sol nasce
517 1 ^aPergunta
517 1 ^aMelodia
517 1 ^aPalavra...
517 1 ^aCantigas
606   ^aLiteratura infantil
606   ^aPoesia portuguesa
675   ^a821.134.3-1
700  1^aMesseder,^bJoão Pedro,^f1957-^3AU03133
701  1^aHardman,^bPaul^4440
859   ^uhttp://www.bibliotecasobral.com.pt/BiblioNET/Upload/images/imagem88045.jpg
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20190521
932 d
933 2018
934     
935 k  
936 y
937 0
938 ba