010   ^a972-20-1049-2
021   ^aPT^b61786/92
100   ^a20011002d1993    m  y0pory0103    ba
101 0 ^apor
102   ^aPT
200 1 ^aTrilogia da mão
200 ^aAmadeo
200 ^aGuilhermina
200 ^aRosa^fMário Claúdio
205   ^a1ª edição conjunta
210   ^aLisboa^cDom Quixote^d1993
215   ^a371 p. ;^d21 cm
330   ^aReúnem-se num só volume os romances que formam a Trilogia da Mão, espécie de meditação sobre as raízes míticas da portugalidade, comtempladas por um olhar enamorado do Norte recôndito. Em Amadeo, acompanha-se o percurso do pintor Amadeo Souza-Cardoso, entre as terras de Amarante e Paris dos inícios do século. Em Guilhermina, estamos com a violoncelista Guilhermina Suggia, vivendo com ela o Portugal e a Inglaterra da primeira metade de Novecentos. Em Rosa, penetramos no universo da louceira Rosa Ramalha que, na sua olaria caseira dos arredores de Barcelos, haveria de criar, com barro, um estranho país de reis e de bichos, de santos e de monstros. Paralelamente ao itinerário das três figuras centrais, todavia, eis que uma outra história se vai desenvolvendo, povoada por personagens que, com cada um dos seus «biografados», apostam numa certa modalidade de jogo de cabra-cega, entretecido de inteligência e de manha, de muita traição e de ternura profunda. Fonte: Publicações Dom Quixote
606   ^aLiteratura portuguesa
606   ^aRomance
675   ^a821.134.3-31
700  1^aClaúdio,^bMário,^cpseud.^3AU00674
859   ^uhttp://www.bibliotecasobral.com.pt/BiblioNET/Upload/images/imagem12798.jpg
920 n
921 a
922 m
923  
924  
925  
931 20011002
932 d
933 1993
935 m  
936 y
937 0
938 ba
966   ^lSMA^a20013198^s82/P-CLA/TRI^c1^90^60^p3.308$00