Banner
Base conjunta - Biblioteca Municipal
Registos: 1 - 6 de um total de 6
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Barafunda
Autor(es): Afonso Cruz e Marta Bernardes ; ilustrações de José Cardoso
Publicação: Alfragide : Caminho, 2015
Descrição física: 45 p. ; : il. 23 cm
Resumo: Mas o que é que interessa a barafunda? Afinal parece que a barafunda interessa. Interessa para compreender, de forma poética e lúdica, uma série de processos filosóficos e organizacionais, tanto do mundo como da mente humana, que são fundamentais na formação de um pensamento emancipado e crítico. Barafunda é também simplesmente um texto sobre arrumar um quarto. Fonte: Livro
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-21-2753-0
Assuntos: Literatura infantil | Teatro português
CDU: 821.134.3-93
Veja também: Cruz, Afonso, 1971- | Bernardes, Marta, 1983- | Cardoso, José, 1984-
Localização: I82-2-CRU/BAR (SMA) - 20160011

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Nem todas as baleias voam
Autor(es): Afonso Cruz
Edição: 1ª ed
Publicação: Lisboa : Companhia das Letras, 2016
Descrição física: 266 p. ; 23 cm
Resumo: Será possível vencer uma guerra com a música? Em plena Guerra Fria, a CIA engendrou um plano, baptizado Jazz Ambassadors, que tinha como missão cativar a juventude de Leste para a causa americana. Organizando concertos com grandes nomes do jazz nos países do bloco soviético, os americanos acreditavam poder seduzir o inimigo e ganhar a guerra. É neste pano de fundo que conhecemos Erik Gould, pianista de blues, exímio e apaixonado, que vê sons em todo o lado e pinta retratos tocando piano. A música está-lhe tão entranhada no corpo como o amor pela única mulher da sua vida, que desapareceu de um dia para o outro, sem deixar rasto, sem deixar uma carta de despedida. Erik Gould tentará tudo para a reencontrar, mas não lhe resta mais esperança do que o acaso. Será o filho de ambos, Tristan, cansado de procurar a mãe entre as páginas de um atlas, que fará a diferença graças a uma caixa de sapatos. Fonte: Livro
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-665-127-5
Assuntos: Literatura portuguesa | Romance
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Cruz, Afonso, 1971-
Localização: 82/P-CRU/NEM (SMA) - 20170022

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Para onde vão os guarda-chuvas
Autor(es): Afonso Cruz
Edição: 6ª ed
Publicação: Lisboa : Companhia das Letras, 2017
Descrição física: 590 p. ; 24 cm
Resumo: O pano de fundo deste romance é um Oriente efabulado, baseado no que pensamos que foi o seu passado e acreditamos ser o seu presente, com tudo o que esse Oriente tem de mágico, de diferente e de perverso. Conta a história de um homem que ambiciona ser invisível, de uma criança que gostaria de voar como um avião, de uma mulher que quer casar com um homem de olhos azuis, de um poeta profundamente mudo, de um general russo que é uma espécie de galo de luta, de uma mulher cujos cabelos fogem de uma gaiola, de um indiano apaixonado e de um rapaz que tem o universo inteiro dentro da boca. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-8775-18-4
Assuntos: Literatura portuguesa | Romance
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Cruz, Afonso, 1971-
Localização: 82/P-CRU/PAR (SMA) - 20170593. - O documento pertence à comunidade de leitores 2017/2018

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Jalan jalan : uma leitura do mundo
Autor(es): Afonso Cruz
Edição: 6ª ed
Publicação: Lisboa : Companhia das Letras, 2017
Descrição física: 646, [5] p. ; 24 cm
Resumo: «Apesar da beleza da paisagem, dos campos de arroz, do verde omnipresente, dos templos hindus, dos macacos zangados, uma das melhores coisas que trouxe de Bali foi uma oferta do João, que me embrulhou e ofereceu uma palavra, talvez duas: Jalan significa rua em indonésio, disse-me. Também significa andar. Jalan jalan, a repetição da palavra, que muitas vezes forma o plural, significa, neste caso, passear. Passear é andar duas vezes. (…) Passear é o que fazemos para não chegar a um destino, não se mede pela distância nem pela técnica de colocar um pé à frente do outro, mas sim pelo modo como a paisagem nos comoveu ou como o voo de um pássaro nos tocou. É um pouco como a arte, tem o valor imenso de tudo aquilo que não tem valor nenhum. Pode não ter razão, destino, objetivo, utilidade, e é exatamente aí que reside a riqueza do passeio. Não existem profissionais do passeio. Chesterton, que era um grande apologista do amador, dizia que as melhores coisas da vida, bem como as mais importantes, não são profissionalizadas. O amor, quando é profissionalizado, torna-se prostituição.» Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-8775-18-4
Assuntos: Literatura portuguesa | Romance
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Cruz, Afonso, 1971-
Localização: 82/P-CRU/JAL (SMA) - 20170601

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Biblioteca de Brasov
Autor(es): Afonso Cruz
Publicação: Lisboa : Alfaguara, 2018
Descrição física: 115 p. ; 25 cm
Colecção: (Enciclopédia da Estória Universal)
Resumo: Neste novo volume da Enciclopédia da Estória Universal, obra fundamental do (des)conhecimento, descobrimos a inusitada semelhança entre o nosso cérebro e pinturas de Bosch e Miguel Ângelo, espreitamos excertos dos diários de uma actriz desaparecida e ficamos a conhecer um conjunto de negócios estranhos à volta do mundo: Des-Sapataria Espaço em Trieste, onde as pessoas simplesmente se descalçam e libertam os pés da tirania dos sapatos. O Melhor descalçado Italiano, lê-se na montra. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-665-330-9
Assuntos: Literatura portuguesa | Antologias
CDU: 821.134.3-82
Veja também: Cruz, Afonso, 1971-
Localização: 82/P-CRU/ENC (SMA) - 20180648

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Princípio de Karenina
Autor(es): Afonso Cruz
Edição: 1ª ed
Publicação: Lisboa : Companhia das Letras, 2018
Descrição física: 189 p. ; 24 cm
Resumo: Um pai que se dirige à filha e lhe conta a sua história, que é a história de ambos, revelando distâncias e aproximando-se por causa disso, numa entrega sincera e emocional. Uma viagem até aos confins do mundo, até ao Vietname e Camboja, até ao território que antigamente se designava como Cochinchina, para encontrar e perceber aquilo que está mais perto de nós, aquilo que nos habita. Um pai que ergue muros de silêncio, uma mãe que faz arco-íris de música, uma criada quase tão velha como o Mundo, um amigo que veste roupas de mulher, uma amante que carrega sabores e perfumes proibidos. São estas algumas das inesquecíveis personagens que rodeiam este homem que se dirige à filha, que testemunham - ou dificultam - essa procura do amor mais incondicional. Uma busca que nos leva a todos a chegar tão longe, para lá de longe, para nos depararmos connosco, com as nossas relações mais próximas, com os nossos erros, com as nossas paixões, com as nossas dores e, ao somar tudo isto, entre sofrimento e júbilo, encontrar talvez felicidade. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-665692-8
Assuntos: Literatura portuguesa
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Cruz, Afonso, 1971-
Localização: 82/P-CRU/PRI (SMA) - 20180840