Banner
Base conjunta - Biblioteca Municipal
Registos: 1 - 8 de um total de 8
O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Fechada para o inverno
Autor(es): Jørn Lier Horst ; tradução de João Reis
Publicação: Alfragide : Dom Quixote, 2016
Descrição física: 341, [9] p. ; 24 cm
Notas: Título original: Vinterstengt
Resumo: A densa névoa outonal paira sobre a costa norueguesa. Antes de a fechar para o inverno, Ove Bakkerud pretende desfrutar de um último fim de semana na sua casa de férias. No entanto, à chegada, depara-se com o caos após um assalto. E na casa vizinha um homem foi espancado até à morte… O detetive William Wisting já viu homicídios grotescos no passado. Contudo, é a primeira vez que constata um desespero como o que, neste outono, testemunha em Stavern. Como se alguém tivesse tudo a ganhar e quase nada a perder. Por isso, não fica muito satisfeito quando a filha se muda para uma casa junto à boca do fiorde. A sua preocupação aumenta à medida que vão aparecendo cadáveres gravemente mutilados nos recifes. E do céu começam a cair pássaros mortos… Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-20-6061-5
Assuntos: Literatura noroeguesa | Policial
CDU: 821.113.5-312.4
Veja também: Jorn, Horst Lier, 1970- | Reis, João
Localização: 82-HOR/FEC (SMA) - 20160275

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A devastação do silêncio
Autor(es): João Reis ; ilustrações de Lord Mantraste
Publicação: Amadora : Elsinore, 2018
Descrição física: 136 p. ; 23 cm
Resumo: A Grande Guerra assola a Europa do início do século XX. Um capitão do Corpo Expedicionário Português encontra-se num campo de prisioneiros alemão, sem documentos que atestem a sua patente de oficial, obrigado a partilhar a vida e o destino dos seus conterrâneos mais pobres. Tem fome, ouve detonações constantes, observa, sonha, procura um sentido para tudo aquilo que o rodeia, tenta terminar o relato de uma estranha história sobre cientistas alemães e gravações de voz, procura desesperadamente o silêncio e, acima de tudo, a paz das coisas simples. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-8864-30-7
Assuntos: Literatura portuguesa | Romance
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Reis, João | Mantraste, Lord, 1988-
Localização: 82/P-REI/DEV (PSAP) (SMA) - 20180568

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A avó e a neve russa
Autor(es): João Reis
Publicação: Amadora : Elsinore, 2017
Descrição física: 216 p. ; 23 cm
Resumo: «As folhas caídas das árvores giram à minha volta com o vento, mas aperto mais o casaco, porque nem o vento nem as folhas-bailarinas me alegram com a melancolia, só me deixam ensopado em tristeza, como a chuva nos faz por vezes. Os homens não choram. Avanço. Os catos que vejo alinhados na rua voltam a ser árvores e a Babushka, deitada na cama de hospital, é uma criança que aumentou e encolheu.» Babushka está doente. Esta russa idosa, emigrante no Canadá, sobreviveu ao acidente nuclear de Chernobyl. Esconde no peito a doença que a obriga a respirar a contratempo e lhe impõe uma tosse longa e larga e comprida e sem fim — um mal que a faz viver mergulhada nas memórias do seu passado luminoso, a neve pura da Rússia, recordação sob recordação. Na fronteira com a realidade caminha o seu neto mais novo, de dez anos, um menino que não desiste de puxar o fio à meada e de tentar devolver a avó ao presente. Para ajudar Babushka, precisa de encontrar uma solução para os seus pulmões destruídos, sacos rasgados e quase vazios — mesmo que isso o obrigue a crescer de repente e partir em busca de uma planta milagrosa, o segredo que poderá salvar a família e completar a matriosca que só ele vê. Narrado na primeira pessoa e escrito a partir da perspetiva de uma criança, A Avó e a Neve Russa é um livro feito da inocência e da coragem com que se veste o deslumbramento das infâncias. Romance simples e emotivo sobre a força da memória e da abnegação, relata a peregrinação de um neto através da esperança, do Canadá ao México, para encontrar a possibilidade de um final feliz.. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-8843-65-4
Assuntos: Literatura portuguesa | Romance
CDU: 821.134.3-31
Veja também: Reis, João
Localização: 82/P-REI/AVO (SMA) - 20180631

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O homem das cavernas
Autor(es): Jørn Lier Horst ; tradução de João Reis
Publicação: Alfragide : Dom Quixote, 2018
Descrição física: 376 p. ; 24 cm
Notas: Título original: Hulemannen
Resumo: Durante quatro meses, um cadáver permaneceu por descobrir apenas a algumas portas da casa do inspetor-chefe William Wisting. Viggo Hansen morreu sentado em frente à televisão e aí permaneceu sem que ninguém tenha dado conta. Ter-se-á a sociedade norueguesa tornado tão grosseira que já ninguém se importa? A filha de Wisting, a jornalista Line, importa-se, e vai investigar o sucedido. Enquanto isso, Wisting tem em mãos um caso que começa a adquirir proporções inimagináveis. a sua suspeita de que um assassino em série norte-americano tem estado ativo na Noruega, escondendo as suas vítimas no fundo de poços secos, confirma-se… mas há quanto tempo, e por quantos países passou até aí chegar? Quando o FBI e a Interpol finalmente se envolvem no caso, as apostas aumentam e as tensões acumulam-se, até à última corrida mortal contra o tempo, com a vida de Line em jogo. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-20-6528-3
Assuntos: Literatura norueguesa | Romances policiais
CDU: 821.113.5-312.4
Veja também: Horst, Jørn Lier, 1970- | Reis, João
Localização: 82-HOR/HOM (SMA) - 20180661

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A praia
Autor(es): Peter Asmussen ; tradução de João Reis
Publicação: Lisboa : Tinta-da China, 2018
Descrição física: 118 p. ; 20 cm
Resumo: Depois de Tom Stoppard e Martin Crimp o teatro de Peter Asmussen, dramaturgo dinamarquês cujo trabalho passa pelos palcos de toda a Europa e que se destacou como co-argumentista do cineasta Lars Von Trier. Num hotel deserto, dois casais encontram-se pela primeira vez, e este encontro levará a que se confrontem com as suas vidas frívolas, e solitárias. Mas a verdade é que a partir de então regressam àquele hotel ano após ano, como se não houvesse remédio senão regressar a este estranho convívio e à liberdade que aquele mundo isolado propicia. A Praia é uma peça de intimidade, simultaneamente áspera e emotiva, que fala sobre o lado obscuro do amor através de quatro personagens que vão sucumbindo às feridas do passado. «Vou-lhe dizer que pardieiro é este onde veio parar. Aqui não se faz a ponta de um corno. Não há música nem sítios aonde ir. Se quiser momentos de diversão, tem de os criar você mesmo. Há a praia, onde encontrará âmbar que depois pode levar para casa. Temos a casa cheia de âmbar. Pedacinhos de âmbar por todo o lado. Raramente se encontra um pedaço de bom tamanho. Da última vez, o Jan encontrou um fragmento maior, mas ainda não o levei ao ourives. O gerente toma conta do hotel sozinho, e a comida e o serviço não são nada de especial. A única coisa boa deste sítio é que não há crianças. As crianças haviam de morrer de tédio se passassem cá as férias. Os poucos hóspedes que aqui aparecem são sempre esquisitos e preferem manter-se isolados. Quer mais café?» Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-671-449-9
Assuntos: Literatura dinamarquesa | Teatro
CDU: 821.113.4-2
Veja também: Asmussen, Peter, 1957-2016 | Reis, João
Localização: 82-2-ASM/PRA (SMA) - 20190423

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: A porta oculta
Autor(es): Jørn Lier Horst ; tradução de João Reis
Publicação: Alfragide : Dom Quixote, 2019
Descrição física: 387 p. ; 24 cm
Notas: Título original: Blindgang
Resumo: Sofie Lund está pronta para um novo começo quando se muda com a filha pequena para a casa que herdou do avô. Sofie tem lembranças tão dolorosas da sua infância que decide livrar-se de todos os vestígios do Velhote, todos os vestígios exceto um cofre trancado que está preso ao chão da cave. Dentro do cofre, Sofie encontra algo chocante que se irá tornar uma prova crucial num caso que tem atormentado o inspetor William Wisting há demasiado tempo, e levantar dúvidas sobre o real culpado de outro caso de homicídio que está prestes a ser julgado. No entanto, para seguir essa pista, Wisting terá de pôr em causa lealdades importantes e abalar a confiança dos cidadãos nas forças policiais. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-20-6792-8
Assuntos: Literatura norueguesa | Romances policiais
CDU: 821.113.5-312.4
Veja também: Horst, Jørn Lier, 1970- | Reis, João
Localização: 82-HOR/POR (SMA) - 20190588

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: O anjo roubado
Autor(es): Sara Blaedel ; tradução de João Reis
Edição: 1ª ed
Publicação: Amadora : Topseller, 2020
Descrição física: 302 p. ; 23 cm
Notas: Título original: Dodsenglen
Resumo: Quando a neta da abastada família Sachs-Smith é sequestrada, a experiente inspetora Louise Rick é chamada a intervir para ajudar a negociar o resgate. Os sequestradores exigem um precioso vitral, conhecido como Anjo da Morte, que está na família Sachs-Smith há gerações. Mas existe um problema: o vitral, que vale centenas de milhões de dólares, foi recentemente roubado. Simultaneamente, Louise acompanha o desaparecimento súbito e misterioso de jovens mulheres escandinavas que viajaram sozinhas para o sul de Espanha. Numa corrida contra o tempo, em que Louise procura perceber como se comporta uma mente criminosa, a inspetora é levada às profundezas da depravação humana. E está prestes a descobrir da maneira mais difícil que o dinheiro pode comprar qualquer coisa. Será Louise capaz de encontrar a criança e desvendar o motivo por que as jovens mulheres desapareceram antes que o pior aconteça? Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-989-668-835-6
Assuntos: Literatura dinamarquesa | Romances policiais
CDU: 821.113.4-312.4
Veja também: Blaedel Sara | Reis, João
Localização: 82-BLA/ANJ (SMA) - 20200012

O meu comentário Facebook Twitter LinkedIN
Título: Palomar : romance
Autor(es): Italo Calvino ; tradução de João Reis
Edição: 1ª ed
Publicação: Alfragide : Dom Quixote, 2020
Descrição física: 159 p. ; 24 cm
Resumo: Será possível encontrarmos um sentido nas coisas, no mundo à nossa volta? E dentro de nós próprios? O senhor Palomar está muito longe de ter alguma certeza quanto a tudo isso. Todavia, continua à procura. Homem excêntrico em busca de conhecimento, visionário num mundo sublime e ridículo, Palomar é um observador nato. «Só depois de ter conhecido a superfície das coisas», acredita ele, «nos podemos aventurar a procurar o que está por baixo.» Seja contemplando um seio nu, uma loja de queijos em Paris, a barriga de uma osga ou os céus de Roma invadidos por estorninhos, o senhor Palomar oferece-nos uma visão do mundo familiar, mas fragmentada pela perceção individual. Último livro publicado em vida por Italo Calvino, Palomar é uma narrativa fascinante sobre a vertigem do homem diante dos inexoráveis mistérios do universo. Um autêntico testamento literário de um dos maiores escritores do século XX, que conduz o leitor através de um inquérito de resultados surpreendentes: o senhor Palomar é sem dúvida o autor, mas não só. Somos todos nós, os leitores deste livro empolgante, um dos mais profundos da literatura de todos os tempos. Fonte: Wook
ISBN/ISSN: ISBN 978-972-20-6923-6
Assuntos: Literatura italiana | Romance
CDU: 821.131.1-31
Veja também: Calvino, Italo, 1923-1985 | Reis, João
Outros recursos:
Localização: 82-CAL/PAL (SMA) - 20200052